Religiosidade

Templo da Boa Vontade: sinal profético da união Céu e Terra

Acesse nosso conteúdo exclusivo grátis até 30/04

Saiba mais

Walter Periotto

A humanidade anda muito distraída, disso ninguém tem dúvida. Se ficasse mais atenta aos assuntos espirituais, certamente já teria eliminado, ou diminuído bastante, muitos de seus problemas

de ordem social, como a violência, os desastres ambientais e a corrupção. Mas vivenciar os valores espirituais exige de nós disciplina e uma boa cota de sacrifício, ou seja, um pouco de desprendimento dos assuntos materiais. O Divino Mestre Jesus já alertava em Seu Santo Evangelho, segundo Mateus, 7:13: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso, o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela”.

O Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, é um local de elevada Espiritualidade, aberto 24 horas por dia, sete dias por semana. Para entrar em suas dependências e sintonizar o pensamento com o Alto, não precisa responder a nenhum questionário. Graças ao Pai Celeste, muitos são os testemunhos de amigos, de diversas religiões, que visitam o TBV para renovar as energias e entrar em contato com o Criador, com Deus, com Alá, com a Grande Consciência, ou como queiram se dirigir à Força que a tudo criou. Há, ainda, aqueles que não professam crença, mas vão ao local para buscar a Paz, o silêncio, a meditação. Como afirma o Irmão Paiva, seu idealizador e fundador, o TBV é “um teto para a humanidade”.

Sem dúvida, a construção do monumento estava nos planos de Deus para a Terra. Era um antigo sonho do saudoso Irmão Alziro Zarur (1914-1979). Em uma das pregações do Proclamador da Religião do Terceiro Milênio, que o Irmão Paiva respeitosamente preservou, podemos ouvir: “Quando Jesus voltar, encontrará erguido o Templo da Boa Vontade”*1. Em uma atitude de fidelidade à promessa do amigo, o Presidente-Pregador da Religião Divina venceu grandes obstáculos financeiros e, com o auxílio do povo, em 21 de outubro 1989, aniversário de 10 anos de retorno do Irmão Zarur à Pátria Espiritual, inaugurou o Templo da Boa Vontade. O antigo sonho de Zarur era concretizado por Paiva Netto.

 

 

 

 

Coincidências não existem

Estátua do Profeta Daniel, reprodução da obra do renomado escultor brasileiro Antônio Francisco Lisboa (1730-1814), o Aleijadinho, autorizada pela Secretaria Especial da Cultura. Encontra-se em exposição permanente na Nave do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF. Na foto, observa-se, ao fundo, o Trono e Altar de Deus.

Assumir um compromisso firmado por alguém que tanto se admira e cumpri-lo à risca é um fato que também encontramos em outros tempos da história. Moisés, o grande profeta e legislador

hebreu, conduziu seu povo à uma nova terra para viverem livres da escravidão do Egito. A Bíblia conta que ele passou 40 anos caminhando no deserto ao lado de seu povo (Êxodo, 16:35). Porém, foi seu corajoso servo e sucessor, Josué, quem conduziu o povo à Canaã, a Terra Prometida por Deus.

Alguns séculos depois, foi a vez de Davi, o destemido rei dos judeus, que desejava construir um Templo para seu povo, a fim de guardar a arca da aliança com Deus*2. Porém, ele também não teve tempo naquela encarnação para concluir seu objetivo, e a missão ficou para seu filho e herdeiro Salomão, que também levou uma geração, cerca de 40 anos, após a tomada de Jerusalém, para erguer o Templo*3.

O interessante nessas comparações é que o Irmão Zarur iniciou suas atividades de cunho espiritual e profético em 1949, com o lançamento do programa Hora da Boa Vontade, na Rádio Globo do Rio de Janeiro, antes mesmo de ele fundar a Legião da Boa Vontade, em 1o de janeiro de 1950. Em 1989, 40 anos depois, o tempo de uma geração, o Irmão Paiva inaugurava o Templo da Boa Vontade. Coincidências não existem!

Na história do Templo do Ecumenismo Divino, há ainda muitos outros acontecimentos de grande magnitude. O Irmão Paiva nos revela que sua construção está ligada ao toque da Sétima Trombeta (Apocalipse de Jesus, 11:15), aquela que anuncia o encontro das Duas Humanidades, a da Terra com a do Céu, quando o Governo Celeste assume a direção do planeta: “O sétimo Anjo

tocou a sétima trombeta, e se ouviram no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Deus e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos. Amém”.

Peregrinar ao Templo da Boa Vontade é alinhar nosso coração com os desígnios do Supremo Criador. Só nos resta agradecer a oportunidade que a Religião do Terceiro Milênio nos dá de vivenciar as realidades eternas, o que aumenta nossa responsabilidade de, cada vez mais, aproximar nossos Irmãos em humanidade, convidando-os a conhecer essa bendita Seara da Boa Vontade de Deus.

*1 As Profecias sem Mistério, versão pocket, página 199, do escritor Paiva Netto.

*2 Segundo Livro de Samuel, 7:1 a 16.

*3 Primeiro Livro de Reis, 5:3 a 5, e 8:17.

ENTRE PARA O NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

Edição atual de JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Livros do escritor Paiva Netto

Brindes especiais: souvenirs para seu dia a dia

Livros infantis

Frete grátis para todo o Brasil

Receba nosso
conteúdo grátis

Cadastre-se e seja informado de nossas promoções, receba nossos artigos e notícias.

Ecumenismo

Espiritualidade

Evangelho-Apocalipse

Revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Av. Marechal Floriano, 114 • Centro • Rio de Janeiro/RJ20080-002

(21) 2216-7851

jesusestachegando@boavontade.com

Pesquisar