Notícias

Sintonizar o Poder Superior é combustível para vencer os desafios

By freepik.com

Numa sociedade onde a cada três segundos alguém atenta contra a própria vida, conforme dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), falar sobre o suicídio pode parecer algo um tanto complicado, visto que alguns mostram-se alheios a esse fato e outros podem interpretá-lo como uma possibilidade de se “libertar das dores”. Mas isso é um grande engano! Conforme afirma o escritor Paiva Netto, em seu livro Tesouros da Alma: “Disposição inquebrantável é a resposta apropriada a qualquer crise”, porque “a Vida continua sempre, e lutar por ela realmente vale a pena”.

A humanidade, em geral, passa por momentos desafiadores, e os altos índices de tentativa de suicídio são um indicador desse desequilíbrio generalizado.

Seja por desafios enfrentados em família ou no trabalho, por situações que fragilizam o íntimo de cada ser, como a insatisfação com a aparência… Diversos fatores podem levar o ser humano a um certo grau de instabilidade psíquica e física. Contudo, todos possuem dentro de si a força para superar os momentos mais difíceis da vida, basta saber encontrá-la.

 

A batalha pela sobrevivência

Andrea Correa

Vamos conhecer um pouco da história de Andrea Correa, uma das atendidas pela Legião da Boa Vontade (LBV), em Florianópolis, SC, e como nossa Irmã, com muita determinação no Bem, venceu o pensamento de tirar a própria vida.

Andrea saiu de casa ainda jovem. Casou-se e teve três filhos. Seu marido era dependente químico e, pelo uso de tais substâncias, contraiu o vírus HIV. Ele nunca relatou o fato a esposa, que muito cedo ficou viúva e, com isso, os desafios cotidianos ficaram ainda mais severos.

Passando por dificuldades financeiras, quase sempre tinha que racionar a alimentação do dia. Muitas vezes sua única refeição era o almoço, para que não faltasse comida na mesa nos dias seguintes.

Nessa época, ela morava em uma casa de passagem na cidade de Agronômica, SC, e trabalhava como catadora de materiais para reciclagem. Com ajuda de algumas pessoas, ela conseguiu juntar dinheiro para comprar um pequeno terreno para construir sua casa, onde poderia criar com mais dignidade os seus filhos.

Porém, apesar de uma batalha vencida, ela se sentia debilitada por enfrentar o exaustivo trabalho, tanto no sol quanto na chuva. Um dos momentos mais difíceis foi quando, após realizar alguns exames, descobriu que havia contraído o vírus HIV de seu marido. Num primeiro momento, ela se preocupou imensamente: Como iria sustentar os três filhos? Mal tinha condições para criá-los, manter moradia e dar-lhes o que comer. Mas, sem desanimar, ela começou a fazer o tratamento (que realiza até hoje) e desdobrava-se para mostrar aos filhos que era capaz, com o objetivo de deixar um bom exemplo para eles. Sempre sorridente, dizia para as crianças: “Está tudo bem. Se estamos tristes, vamos cantar. Se estamos animados, vamos rezar. A mãe está bem”.

Um dia, enquanto trabalhava catando recicláveis na rua, encontrou uma equipe divulgando a Campanha Outubro Rosa. Andrea, então, teve a oportunidade de fazer um exame de mamografia e foi diagnosticada com câncer de mama. “Ali eu desabei, mais do que quando descobri que estava com HIV”, declara.

Enfrentando dias chuvosos, a casa de Andrea, erguida de maneira improvisada, desabava a cada temporal. Muito abalada pela constatação médica e sem saber como enfrentar sozinha a vida difícil com os três filhos, em uma atitude impensada, decidiu levá-los para a escola e colocar fogo na casa, com ela dentro.

Numa ação que poderia ser considerada acaso, mas que entendemos ser o amparo de Deus, que nunca abandona Seus filhos, Andrea resolveu ouvir a intuição e ligou o rádio. Mesmo sem entender o motivo daquele ato, ela sintonizou na Super Rede Boa Vontade de Rádio. “Começou a oração da LBV” — conta Andrea, com o semblante feliz e agradecida pelo auxílio celeste. Enquanto ouvia a prece, ela pensava: “O homem [Paiva Netto] está falando comigo. Essa oração está falando comigo. (…) Poxa, eu vou destruir a mim e vou deixar meus filhos sozinhos?!”

A partir de então, Andrea encontrou na Alma forças para se reerguer.

 

A oração que renova

Na edição 111 da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO! (de setembro de 2011), o Irmão Flexa Dourada (Espírito) traz a seguinte mensagem:Na hora em que o Irmão de Paiva está pregando (no rádio, na televisão, na internet), está pregando a Palavra de Deus em Espírito e Verdade, à luz do Novo Mandamento de Jesus. E o que os Espíritos estão fazendo? Estão fluidificando a vida de todos.

Foi o que aconteceu com Andrea. Naquele momento, no qual parecia tudo desabar, ela se renovou. Deixou que a prece tocasse seu coração e encontrou o fortalecimento espiritual para continuar.

A partir daquele instante, ela se sentiu impulsionada a conhecer a Legião da Boa Vontade, da qual já tinha ouvido falar no Cepon (Centro de Pesquisas Oncológicas de Santa Catarina), onde foi atendida por uma assistente social.

Na vida, nada é por acaso. Quando Andrea chegou à LBV, estava sendo realizada uma palestra sobre prevenção ao suicídio e, mesmo sem fazer parte do grupo de atendidos pela Instituição, ela foi convidada a participar da atividade. Ali, ela se sentiu acolhida. “Foi a primeira vez que eu fui na LBV. Era tudo o que Deus estava preparando para mim. Ele estava preparando a LBV para mim! ‘Olha, é aqui que você vai se levantar. É aqui que você vai suportar essa doença. É aqui que você vai aguentar tudo o que você está passando, de cabeça erguida, feliz, alegre.’ Não é porque você está passando necessidade que vai ficar triste”.

Andrea começou a observar os atendidos pela LBV que já estão na terceira idade e começou a refletir: “Se eu já enfrento o HIV, o câncer de mama e tantas coisas, por que não passar por mais essa também?! Esses vovôs brincam, sorriem, dançam, acolhem a gente. Então, por que não me espelhar neles?!” Com esse exemplo, ela se fortalece a cada dia e procura fazer o mesmo pelo seu próximo. Ela abraça as novas pessoas que encontra, assim como a LBV a abraçou. Mesmo com os desafios, Andrea reencontrou a felicidade de viver. Ela e sua família são felizes e seguem em frente, contando com o apoio dos Amigos Legionários da Boa Vontade.

Nessa trajetória de idas e vindas, há os que batalham para vencer, mesmo com obstáculos grandes ou pequenos, porque é nesses momentos que o Espírito se fortalece. E “quando se sentir abatido, eleve o seu coração ao Alto, a fim de melhor sintonizar o Poder Superior. Dessa forma, abastecerá a Alma para os embates da Vida. Pode ter certeza: rezar funciona”, como ensina o escritor Paiva Netto.

Ecumenismo

Espiritualidade

Evangelho-Apocalipse

Revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Av. Marechal Floriano, 114 • Centro • Rio de Janeiro/RJ20080-002

(21) 2216-7851

jesusestachegando@boavontade.com

Pesquisar