Notícias

Há 34 anos, os primeiros passos da construção do Templo da Boa Vontade

Acesse nosso conteúdo exclusivo grátis até 30/06

Saiba mais

Entre os muitos eventos que marcaram a construção do Templo da Boa Vontade (TBV), em Brasília, DF, vamos relembrar dois fatos históricos ocorridos em 27 de maio de 1986. Na ocasião, o Presidente-Pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, lançou a Pedra Fundamental da Pirâmide da Paz e inaugurou o primeiro prédio que formaria o Conjunto Ecumênico Boa Vontade — do qual também fariam parte o Templo do Ecumenismo Divino (inaugurado em 1989) e o Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, o ParlaMundi da LBV (em 1994).

 

“Ora, se o vidro atrapalha, tirem o vidro!”

Era 27 de maio de 1986, dia festivo para a Família Legionária, que se reuniu em peso na capital federal para acompanhar a inauguração do primeiro anexo (prédio administrativo) do Conjunto Ecumênico do Templo da Boa Vontade.

Com o grande número de pessoas, vindas de todas as partes do Brasil, o palco montado para que o Irmão Paiva pudesse discursar ficou pequeno. Ele mesmo conta como solucionou aquela situação: “(…) Eu estava no segundo andar do prédio administrativo da LBV com os meus filhos e olhei para o pátio, que estava superlotado. E vi que o palco era baixo demais. Então, disse: ‘Sabem de uma coisa? Vou falar aqui de cima da marquise de entrada’. E perguntei para alguém: ‘Essa marquise aguenta pessoas em cima?’ Ao que me responderam afirmativamente, ao mesmo tempo que me perguntavam: ‘Mas como é que o senhor vai passar para lá? Tem um vidro na frente!’ ‘Ora, se o vidro atrapalha, tirem o vidro!’, disse-lhes. O vidro foi retirado e pude, então, fazer o discurso lá de cima mesmo (…). E, naquele momento, destaquei, lembrando-me de Moisés e de Zarur, que aquele Templo surgia para que houvesse a interiorização de valores. Porque não se pode exteriorizar coisa alguma se a criatura não tem nada para oferecer. É a questão do conteúdo”.

Na ocasião, o líder da Religião Divina destacou o valor e o esforço de todos os brasileiros que estavam empenhados a ajudá-lo na construção do Templo da Paz: “Apesar de ter inaugurado o prédio administrativo há um ou dois minutos, já tenho esse acontecimento como um passado longínquo, assunto superado. Não ontem, mas há dez mil anos, porque minha confiança em vocês é grande, e sei que, moralmente, a construção do TBV é fato já consumado também. Porém, exigirá de nós imensa dose de sacrifício. Aliás, isso é pobreza da linguagem humana”.

O Irmão Paiva reafirmou ainda o significado divino daquele acontecimento: “O Templo da Boa Vontade é um acontecimento espiritual, social, moral extraordinário e também arquitetônico. Contudo, essa majestade de concreto e mármore é apenas a simbolização de outro Templo infinitamente maior que a Legião da Boa Vontade está erguendo na área do intangível, nas Almas humanas. Repito, muito mais importante que erigir um monumento é despertar o Templo de Deus que cada ser humano possui dentro de si próprio”.

 

No mesmo dia, a cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental do Templo da Boa Vontade reuniu milhares de pessoas no centro e em volta do local onde seria erguido o monumento para acompanhar o discurso do Irmão Paiva. Na foto em destaque, publicações da Legião da Boa Vontade e gravações históricas de Alziro Zarur (1914-1979) e Paiva Netto são colocadas em uma grande caixa de aço, que foi guardada sob o terreno. (fotos Gilberto Bertolin)

Paiva Netto discursa da marquise do primeiro prédio do Conjunto Ecumênico Boa Vontade, em Brasília, DF, inaugurado em 27 de maio de 1986. À direita na foto, como que entrelaçadas, as bandeiras do Brasil e da LBV. (foto J. A. Parmegiani)

Lançamento da Pedra Fundamental do TBV

Na sequência, aproximadamente ao meio-dia, teve início a cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental do Templo do Ecumenismo Divino, marco para o início da construção do monumento. Sempre preocupado em preservar a história da Instituição, Paiva Netto guardou sob o terreno onde seria erguido o TBV, em uma grande caixa de aço, publicações e gravações da Legião da Boa Vontade. Para evitar a deterioração do material, ele foi envolvido em película impermeável e a arca foi protegida com lã de vidro, utilizada para isolamento térmico. Milhares de pessoas acompanharam o simbólico ato, que fortaleceu ainda mais os Legionários da Boa Vontade para colaborarem na construção do Templo da Paz. Depois das palavras do Irmão Paiva, o local foi lacrado, conservando para as futuras gerações os registros doutrinários e das lutas e vitórias que marcaram o início da LBV.

Em dezembro do mesmo ano, 1986, as obras já estavam a todo o vapor, com a escavação das fundações e a armação das ferragens para erguer a estrutura da Pirâmide de Sete Faces. Conforme afirmou o veterano jornalista e pensador Apparício Torelly (1895-1971), o Barão de Itararé: “A Legião da Boa Vontade é a demonstração inequívoca da capacidade realizadora do povo brasileiro”.

 

Em 21 de outubro de 1989, o sonho se concretizou!

Com grande apoio popular, e graças ao empenho e carisma de Paiva Netto, cuja marca pessoal é cumprir o que promete, foi inaugurado, em 21 de outubro de 1989, o Templo da Boa Vontade. O fundador do monumento escolheu a data em homenagem ao saudoso Irmão Alziro Zarur (1914-1979), pois na ocasião se completavam dez anos do regresso do fundador da LBV ao Mundo Espiritual.

O TBV se tornou o monumento mais visitado de Brasília, DF, segundo dados oficiais da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF). Recebe, anualmente, mais de um milhão de peregrinos do mundo inteiro.

Em 1986, na cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental do Templo da Bo Vontade, em Brasília, DF, milhares de pessoas se reuniram no centro e em volta do local onde seria erguido o monumento para acompanhar o discurso do Irmão Paiva. Na foto em destaque, publicações da Legião da Boa Vontade e gravações históricas de Alziro Zarur (1914-1979) e Paiva Netto são colocadas em uma grande caixa de aço, que foi guardada sob o terreno. (fotos: Gilberto Bertolin)

FAÇA UM TOUR  VIRTUAL PELO TEMPLO DA BOA VONTADE

Em virtude do distanciamento social imposto pela pandemia de Covid-19, convidamos você a conhecer o TBV de forma virtual. No último 21 de abril, quando Brasília completou 60 anos, a Setur-DF disponibilizou em seu site um tour virtual por 80 pontos turísticos da cidade. Entre eles, em destaque na Rota da Paz, está o Templo da Boa Vontade, localizado na Quadra 915 Sul. Clique aqui e confira.

ENTRE PARA O NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

Edição atual de JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Livros do escritor Paiva Netto

Brindes especiais: souvenirs para seu dia a dia

Livros infantis

Frete grátis para todo o Brasil

Receba nosso
conteúdo grátis

Cadastre-se e seja informado de nossas promoções, receba nossos artigos e notícias.

Ecumenismo

Espiritualidade

Evangelho-Apocalipse

Revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Av. Marechal Floriano, 114 • Centro • Rio de Janeiro/RJ20080-002

(21) 2216-7851

jesusestachegando@boavontade.com

Pesquisar